Updates mais confiáveis??

Vejo que muitos acabam reclamando de updates no Arch e não é de hoje, eu mesmo já reclamei!!!
Então com o tempo acabamos criando uma rotina de preparação para qualquer tipo de update no Arch Linux.

Abaixo detalho um pouco sobre os passos que realizo para um update consistente e confiável, UTILIZANDO APENAS OS REPOSITÓRIOS ESTÁVEIS (core, extra e community).

Primeiro passo, realizar o download de todos os pacotes:

# pacman -Syuw

Enquanto realizo o download verifico as notícias no site do Arch Linux ou do Arch Linux Brasil com a intenção de verificar se existe algum update problemático ou um update major de algum pacote importante (Gnome, Xorg, LibreOffice, Kernel, etc…).

É interessante também verificar nos fóruns e listas do Arch Linux e Arch Linux Brasil, se alguém passou por algum problema em hardware igual ao seu.

Se ficou constatado que não existe nenhum inconveniente, realizo o update, e se algum problema foi encontrado, tento procurar por soluções tanto nos fóruns quanto nos bugs do Arch Linux.

Se você está usando alguma interface gráfica ou qualquer coisa do tipo, faça logout e vá para algum tty (CTRL+ALT+F1 por exemplo).

# rc.d stop gdm/kdm/afins
# pacman -Su

O pacman mostra o output de todos os pacotes que estão sendo atualizados, se você deixou passar algum, então veja no log do pacman (/var/log/pacman.log), pois se tiver algum update de arquivo de configuração (atualização ou adição de novas opções) é recomendável verificar o impacto disso no sistema.

Verifique também se existe algum .pacnew no sistema e realize um diff.

# cd /
# find ./ -iname *.pacnew
./boot/grub/menu.lst.pacnew
./etc/fstab.pacnew
./etc/login.defs.pacnew
./etc/gshadow.pacnew
./etc/pacman.d/mirrorlist.pacnew
./etc/group.pacnew
./etc/locale.gen.pacnew
./etc/abs.conf.pacnew
./etc/pacman.conf.pacnew
./etc/makepkg.conf.pacnew
./etc/mkinitcpio.conf.pacnew
./etc/rc.conf.pacnew

Vejam a quantidade de *.pacnew em meu sistema…
É altamente recomendável você dar uma olhada em todos e não deixar nada escapar.
Recomendo que ao finalizar a atualização dos arquivos de configuração você mova para algum diretório dentro do /root.

# mkdir pacnew_files
# mv /etc/*.pacnew pacnew_files

Finalizando este passo, verifique no /etc/rc.conf quais arquivos você pode desativar, tipo o daemon do GDM, para realizar o reboot após a atualização. Se você, estiver usando o inicializador via /etc/inittab, comente a linha e mande um reboot.

O intuito disso é você conseguir realizar o boot e verificar se tudo está OK antes de levantar sua interface gráfica sem ter algum problema…
Depois é só reativar os daemons e correr para o abraço.

Outro detalhe importante é, realizar os updates apenas 1 vez por semana.
Coisa que considero interessante para manter o sistema estável.

Agora, se você estiver usando testing!!
Além de realizar os passos descritos, temos que ter em mente o seguinte:

Todo e qualquer problema é de sua responsabilidade.
Realize updates todos os dias.
É fundamental que você reporte o problema, pesquise e divulge soluções.
Acompanhe toda e qualquer modificação através da lista Arch Linux Dev Public e fique de olho no bugs do Arch Linux.

Faça o que muitos não fazem, CONTRIBUA PARA MELHORAR O ARCH LINUX DEIXANDO-O MAIS ESTÁVEL REPORTANDO OS BUGS ENQUANTO USA O TESTING, no lugar de ficar reclamando e dizendo que a distribuição é uma merda.

Se não aguenta usar o testing, use as coisas estáveis e evite dores de cabeça.

Os desenvolvedores e projetos relacionados a distribuição agradecem!

Lembre-se…

Como Judd Vinet, o fundador do projeto Arch Linux falou: “[Arch Linux] is what you make it.”

Este é um dos posts dos quais vou falar sobre manter seu sistema estável e como melhorar a segurança do seu sistema.

E você o que faz pra manter tudo em ordem em seu sistema????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *