kernel26-lts???

Simplesmente, PQP! x)

Desculpem o PQP, mas… P. Q. P. !!!!!!!

Isso anima bagarai, e muito, mas muito mesmo… Pra quem acompanha as listas de e-mail do Arch, é indispensável acompanhar a dev public. Você se pergunta, mas qual o motivo desse alarde?????

O motivo é esse aqui, principalmente pra quem roda Arch Linux em servidor (que se conta o número de malucos que já fizeram ou fazem isso, fui um deles e sem arrependimentos) e quer um Arch Linux Stable, ai vem a pergunta, Arch está virando stable???

Sempre achei o Arch muito estável se comparado com várias distribuições. E tão estável quanto, IMHO, Slackware e Gentoo. Não espero uma definição como “Debian Stable” ou coisa do tipo. Sinceramente, espero que o Arch se torne mais estável em pacotes críticos (leia-se, pacotes do repositório core), sim… Contudo, sem mudar o seu estilo, que é o que mais me agrada!!! E é a proposta que o Andreas Radke, desenvolvedor do Arch, enviou para a dev public e pode ser lida aqui!!!

Na minha opinão, não precisaria de um Arch Linux Stable… Precisaria sim, de um controle maior nos pacotes, como já mencionei. Tudo isso que falei, é mencionado nos links, então, sinta-se a vontade e leia e compartilhe sua opinão sobre isso. 😉

Como no post anterior… EU AMO ESSA DISTRIBUIÇÃO E OS PROJETOS QUE ENVOLVEM A MESMA!!!!!!!

7 comments

  1. Marcelo Kalib disse:

    Wow.. isso sim.. as coisas começam a ficar mais interessantes! 😀

  2. fotanus disse:

    Cara, arch é o melhor linux, mas não me animo a colocar em server não…
    principalmente porque uso LTSP 🙂

    []’s

  3. Leandro disse:

    UhUHuHuhUUHU

    Normal fotanus, ultimamente tenho focado em debian e centos pra servidores também. Mas que dá uma vontade de botar o arch pra rodar… AHhhhh, e como dá!!!!

  4. Eduardo disse:

    Obrigado por essas info’s. Eu uso arch em servidores de cálculo no lab aonde pesquiso (só em 3 maquinas que são as que eu uso) e até agora são as mais rápidas que as fedora, centos e ubuntu que estão lá também. A diferença chega a bater em 20% pro mais lerdo (fedora), o que representa em economia de semanas de cálculo dependendo do tempo total necessário para completar a simulação.

    O que está a mais tempo ligado, passou de 90 dias e só não está há mais tempo no ar porque precisei reiniciá-lo e/ou caiu a energia na faculdade a ponto do no-break ceder.

    • Leandro disse:

      Cara, já usei Arch em servidor e não me arrependi…

      Como disse anteriormente, prefiro usar Debian ou CentOS, pelo simples motivo que vão existir outras pessoas futuramente que venham a gerenciar.
      Mas pra mim, ainda boto Arch em server, só se realmente eu for manter… Se tiver outro cara pra cuidar, sem chance.

      E quando se atualiza a distro, tem que ser no estilo source de ser, agora com o kernel26-lts. x)

  5. Eduardo disse:

    Realmente, mas curiosamente os mantenedores das outras máquinas estão me pedindo para ensiná-los a usar o arch e a por o arch nos servidores deles 🙂

    Agora estou pra preparar um conjunto de novos servidores e estou completamente inclinado a por arch.

    • Leandro disse:

      Show de bola isso…

      Espero que a galera veja as boas possibilidades que o Arch venha a dar sendo usado em servidores.

      Se precisarem de algo, não só eu, mas o Arch Linux Brasil está aqui para ajudar. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *